Rota Turmalina

Conhecer Turmalina é entrar em contato com tradições culturais que resistem aos séculos. O município está localizado no Alto Jequitinhonha, distante 198 km de Diamantina e 490 km da capital. É uma cidade acolhedora, que se alegra em receber cada visitante. Quem vem aqui chega, vai embora levando na bagagem um pouco da cultura e tradições

  

Turmalina

Os diversos grupos folclóricos e o artesanato passado de geração a geração são marcos de uma cidade que celebra a vida, a religiosidade e as tradições. A musicalidade aliada às diversas festas atraem turistas de várias regiões do Brasil.

 

O FESTUR – Festival da Canção em Turmalina é a principal festa do município, criada na década de 1980, período dos grandes festivais, é um dos poucos eventos que ainda preserva suas características na região, que têm o objetivo de promover o intercâmbio cultural entre artistas, músicos, interpretes e valorizar a produção cultural de Turmalina e região.

 

O artesanato é rico, característico e de destaque regional. Para quem busca a tranquilidade da natureza, a Lapa do Veado é um cânion de exuberante beleza, onde do alto se avista o Rio Jequitinhonha.

 

O Lago de Irapé também apresenta possibilidade para o turismo ecológico. Pelas ruas que abrigam tantas histórias também estão a simpatia e a hospitalidade de pessoas que se alegram em receber e conhecer cada turista.

O Que Fazer? Cruzeiro das Cinco Chagas,Praça da Matriz/ Igreja da Matriz, Igreja do Rosário, Casa da Cultura de Turmalina, Sobrado Leopoldo Lopes de Macedo

fb73b0fa8a81e5ecce83d9167924396b
fb73b0fa8a81e5ecce83d9167924396b

f3a11a9737f5ac4c091581b031d069be
f3a11a9737f5ac4c091581b031d069be

d1a6ec44f135ace66656cfa9f94ffa16
d1a6ec44f135ace66656cfa9f94ffa16

fb73b0fa8a81e5ecce83d9167924396b
fb73b0fa8a81e5ecce83d9167924396b

1/3

Como Chegar? Pela BR 451 e BR 367, saindo de Montes Claros.

PRAIA DO VAU
PRAIA DO VAU

CACHOEIRA VÉU DAS NOIVAS
CACHOEIRA VÉU DAS NOIVAS

IGREJA MATRIZ
IGREJA MATRIZ

PRAIA DO VAU
PRAIA DO VAU

1/4

Berilo

A cultura tradicional é um dos traços marcantes na cidade de Berilo, com sua Igreja Matriz de N.S. Conceição, datada do século XVIII, tombada pelo IPHAN e o Casarão do Inconfidente Domingos de Abreu Vieira são um dos principais atrativos arquitetônicos e culturais da cidade. Encontramos também a Comunidade Quilombolas Vai-Lavando e Caetetu, as lavadeiras do Mocó e outros elementos importantes que representam a cultura berilense. A casa do artesanato é outro lugar que não pode deixar de ser vista. Lá, peças são produzidas utilizando algodão e teares. Berilo tem também boas festas e danças encantadoras. A curiosa dança da jibóia é uma antiga tradição cultural que remonta ao rico passado do município. A natureza também presenteou a cidade. As praias e ilhas formadas pelo Rio Araçuaí são lugares ideais para quem gosta de banhos de rio e para quem deseja descansar e apreciar a paisagem. Berilo é umas das pedras preciosas existentes na região do Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais e é uma das boas opções de visita do Circuito Turístico Lago de Irapé.

Encontramos também a Comunidade Quilombolas Vai-Lavando e Caetetu, as lavadeiras do Mocó e outros elementos importantes que representam a cultura berilense.

 

A casa do artesanato é outro lugar que não pode deixar de ser vista. Lá, peças são produzidas utilizando algodão e teares. Berilo tem também boas festas e danças encantadoras. A curiosa dança da jibóia é uma antiga tradição cultural que remonta ao rico passado do município.

 

A natureza também presenteou a cidade. As praias e ilhas formadas pelo Rio Araçuaí são lugares ideais para quem gosta de banhos de rio e para quem deseja descansar e apreciar a paisagem. Berilo é umas das pedras preciosas existentes na região do Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais e é uma das boas opções de visita do Circuito Turístico Lago de Irapé

O que fazer?  Visitar a Gameleirinha, Cachoeirão, Rio Araçuaí, Praia do Rio Araçuaí, Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, Casarão do Inconfidente Domingos de Abreu Vieira

703dbde7bb0f618c47796a67a51b4dd3
703dbde7bb0f618c47796a67a51b4dd3

8de2d9999f172f5d9429ed02538c6a33
8de2d9999f172f5d9429ed02538c6a33

703dbde7bb0f618c47796a67a51b4dd3
703dbde7bb0f618c47796a67a51b4dd3

1/2

Como Chegar? Pela BR 451, saindo de Montes Claros.

Veredinha

Veredinha se destaca por ser uma cidade tranquila e de um povo acolhedor. A cidade é caracterizada por uma vegetação típica de bioma do cerrado e ainda é banhada pelos rios Itamarandiba e pelo rio Araçuaí, é um lugar ideal para banho, pesca e acampamento

Os rios formam várias paisagens lindas como cachoeiras e prainhas onde em uma delas acontece o tradicional carnaval em fevereiro na Praia do Curtume. A marca principal de Veredinha são as festas populares e tradicionais. A manifestação cultural mais tradicional é a Festa do Peão de Boiadeiro, que reuni várias pessoas montadas em animais e atrai muitos turistas.O evento é realizado sempre no final do mês de abril.

 

O município mantém uma forte religiosidade marcante com a festa do divino, que preserva as suas características como as figuras do Imperador e Imperatriz. O evento apresenta um cortejo passando pelas ruas principais da cidade, sempre realizada no mês de Julho.

 

O Santuário de nossa Senhora do Perpétuo Socorro, reformado na década de 30, é um dos atrativos turísticos mais visitados da cidade, por atrair caravanas de várias partes do País. O local é bastante procurado por quem busca tranqüilidade e expressão de fé.

 

Quem visita Veredinha também tem a honra de ouvir lindas canções cantadas pelo Coral de Veredinha e apreciar a grande riqueza que é o Artesanato local. "Um Canto Novo num Cantinho do Vale", foi este o primeiro CD, intitulado no ano de 2005 pelo “Coral Vozes das Veredas”.

O Que Fazer? Visitar  Rio Itamarandiba, Capelinha Nossa Senhora do Perpetua Socorro/Santinha, 

Como Chegar? Pela BR 451 e BR 367, saindo de Montes Claros.

dcd34e3da25741c4630e033fa30655f3
dcd34e3da25741c4630e033fa30655f3

4e1ed1a7077041883bf3e9078f613270
4e1ed1a7077041883bf3e9078f613270

b0dc8512fca2765a5b1e4676cbd518eb
b0dc8512fca2765a5b1e4676cbd518eb

dcd34e3da25741c4630e033fa30655f3
dcd34e3da25741c4630e033fa30655f3

1/4

Leme do Prado

Visitar a encantadora cidade de Leme do Prado é mergulhar na tranquilidade e hospitalidade de um povo receptivo. Com grandes festas tradicionais, sua cultura é acesa e contagiante para quem a conhece.

Cidade jovem do alto-médio Jequitinhonha, teve seu surgimento como povoado no fim da primeira metade do século XIX, às margens do Ribeirão do Gomes. Evoluindo e crescendo, em 1994 conquistou sua emancipação política, dando origem ao atual Município de Leme do Prado.

 

Com riqueza cultural única, quem o conhece se encanta com a tradicional Festa do Divino Espirito Santo, bem como outras tantas, de que são exemplo a Festa do Sagrado Coração de Jesus e diversas cavalgadas e arraias. Banhado por um mar de águas, o município está conectado à represa da Usina Hidrelétrica de Irapé, com estrutura para recebimento dos visitantes que querem conhecer tal maravilha.

 

Com piscinas, rios, cachoeiras, montanhas, não falta no município opções de lugares para se conhecer e se deliciar com a comida de sabor único, com a famosa cachaça artesanal e viver a adrenalina do calor dos eventos esportivos.

O Que Fazer? Visitar a Piscina de Mandassaia  e Barragem, Mercado Municipal/ Praça Teodolino Ferreira, Cachoeira do Distrito de Posses, Area de Lazer do Bairro Vargem Grande, Área de Lazer da Comunidade de Mandassaia, Estação Ecológica de Acauã-Distrito de Acauã, Igreja Sagrado Coração de Jesus

bb2bbceeaa45dc9e99db86d05a1d2a24
bb2bbceeaa45dc9e99db86d05a1d2a24

2852fcc4693260da2a6b308b75aaf9ff
2852fcc4693260da2a6b308b75aaf9ff

55fcb3526ace25bc8b4157617f90a9df
55fcb3526ace25bc8b4157617f90a9df

bb2bbceeaa45dc9e99db86d05a1d2a24
bb2bbceeaa45dc9e99db86d05a1d2a24

1/8

Como Chegar? Pela BR 451, saindo de Montes Claros.

sabe o que é (1).png

Chapada do Norte

Conhecer Chapada do Norte é sem dúvida se encantar com sua cultura. Com mais 280 anos de existência, este lugar de pessoas simples e hospitaleiras, trata sua história como um verdadeiro tesouro.Grande parte de sua riqueza cultural está relacionada com as danças, artes, festas, igrejas e casarios antigos. A herança dos costumes da cultura negra é muito fluente, principalmente nas comunidades remanescentes de quilombo.

ATRATIVO 1 - CAPELA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

É uma capela muito especial na região do Jequitinhonha e remete ao século XVIII. Apesar de sua simplicidade, abriga uma das festas religiosas mais importantes de Minas Gerais: a Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, que recebe milhares de pessoas e é regada por muita devoção e comida típica. A Capela de N.S.Rosário foi escolhida como uma das dez igrejas mais importantes de Minas Gerais, em seleção realizada pelo portal UOL.

 

ATRATIVO 2 – CULINÁRIA E ARTESANATO 

A culinária e o artesanato nas comunidades quilombolas de Chapada do Norte continuam preservadas na memória e nas mãos de seus habitantes. Desde o tempo em que o pilão era peça obrigatória nas casas, a feitura do angu e do milho apresentam características mais saborosas e nutritivas. O ofício praticado pelos artesãos e artistas do município, possui uma qualidade e beleza única, que vale a pena conhecer. No artesanato local encontram-se peças feitas de palha de banana, palha de milho, produtos em madeira e couro, peças de barro, como panelas, potes e botijas.

 

ATRATIVO 3 – GRUPOS QUILOMBOLAS

São vários os grupos quilombolas que mantêm viva, de geração em geração, as manifestações culturais, que são formas de expressão da cultura e identidade do povo e estão presentes no dia-a-dia e festividades do lugar. São oito comunidades quilombolas de Chapada do Norte certificadas pela Fundação Palmares (Córrego da Misericórdia, Gravatá, Moça Santa, Poções, Porto dos Alves, Porto Serrano, Faceira, Córrego do Rocha). Além disso, há cinco comunidades remanescentes de quilombos – Água Suja, Córrego do Buracão, Córrego do Tolda, Ferreira e Samambaia. Entre os diversos tipos

O Que Fazer? Visitar a Capela de Nossa Senhora do Rosário, Culinária e Artesanato, Comunidades Quilombolas

Capela Nossa Senhora do Rosário
Capela Nossa Senhora do Rosário

Capela Nossa Senhora do Rosário
Capela Nossa Senhora do Rosário

1/1

Como Chegar? Pela BR 451, saindo de Montes Claros.

José Gonçalves de Minas

Na força de tradição e na intensidade da fé estão os alicerces de José Gonçalves de Minas. Cidade que compartilha a riqueza da cultura e alegria de um povo simples e pronto para receber os visitantes de braços abertos. Um convite ao lazer e ao descanso para repor as energias físicas e mentais.

ATRATIVO 1 – IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO E NOSSA SENHORA APARECIDA

A Igreja encanta a todos os visitantes por sua beleza. É um dos principais atrativos do município. A Festa de nossa Senhora Aparecida é realizada anualmente no local que apresenta ao lado, uma enorme cruz monumental. A relevância do monumento religioso, além do valor histórico por ela guardado, realça o laço de afeto e religiosidade com a população de José Gonçalves de Minas.

 

ATRATIVO 2 –PASSEIO DE BALSA PELO LAGO DE IRAPÉ

O Lago de Irapé é um local exuberante e rodeado por vegetação única. Com a construção da barragem de Irapé as margens do Rio Jequitinhonha, o passeio de balsa pelo Lago tornou-se uma verdadeira atração turística. A travessia de balsa ligando os municípios de José Gonçalves de Minas e Cristália, além de fazer o transporte de veículos, representa também uma excelente oportunidade de apreciar belas paisagens.

ATRATIVO 3 – ESTÁDIO MUNICIPAL DE FUTEBOL

Cenário dos mais importantes clássicos do futebol municipal o Estádio José Joaquim Machado de Paulo já recebeu também momentos históricos do futebol regional. Fatos monumentais aconteceram nos gramados do templo do futebol do município. Inaugurado em 15 de março de 2009, já recebeu vários jogos municipais e algumas partidas intermunicipais, incluindo grandes finais. Além de competições esportivas, o Estádio já foi palco de importantes eventos locais, como o do Dia das Criança

O Que Fazer? Visitar a Igreja de São Sebastião e Nossa Senhora Aparecida,  Passeio de Balsa pelo Lago de Irapé e estádio municipal de futebol.

Igreja de São Sebastião
Igreja de São Sebastião

Igreja de São Sebastião
Igreja de São Sebastião

1/1